Fragmentos de Poesia
Poesia faz o meu canto...os sonhos são o meu suporte...na poesia enxugo meu pranto...enquanto procuro meu Norte...
18 de Julho de 2009


Certo dia , assim...
Olhei para o céu,
Vi um Zeppelin.
Foi ao entardecer,
Nem quis acreditar
No que estava a ver...

 

Voava baixinho...
E um pouco assustados,
Eu e o maninho...
Ficamos estagnados.

 

Que objeto estranho
Que voava ali...
Tão pequeno tamanho
Parecia um Ovni...´

 

Perguntei por aí
Ninguém me ligou,
Naquilo que eu vi,
Ninguém acreditou.

 

Menininha ainda
Era de se esperar
Visão de criança,
Quem vai acreditar?

 

Passaram os anos
Verdades contei
Respostas e planos
Na web  procurei.

 

Charuto voador
Foi o que encontrei
Um sonho de amador
Enquanto naveguei.

 

Não tem explicação
Para o acontecido
O charuto Zeppelin
Já tinha explodido

 

Foi em trinta e sete
Que desapareceu.
Sonho de marionete
Foi o que vi no céu.

 

Há mais de uma década
Não fazia sentido
Talvez uma réplica
Por alguém produzido.

 

Olhei para o céu...
Certo dia assim...
Vi uma réplica...
De um Zeppelin.

 

Cecília Rodrigues - 2009

 

- Sonho ou visão de criança?- Não sei!?-

publicado por Cecilia Rodrigues às 00:47 link do post
badge
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
Posts mais comentados
5 comentários
1 cometário
1 cometário
mais sobre mim
blogs SAPO